Determinantes do crescimento econômico desigual entre as regiões brasileiras: uma avaliação da produtividade, da inovação e do gap tecnológico nos anos 1990 e 2000

Edileuza Aparecida Galeano, Carmem Feijó

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir os determinantes do crescimento econômico nas regiões brasileiras nos anos 1990 e 2000, analisando a produtividade, a inovação e o gap tecnológico. O modelo utilizado baseia-se na modelagem desenvolvida por León-Ledesma (2002), onde a produtividade do trabalho, estimulada pela demanda, desempenha papel determinante no processo de crescimento econômico. As equações do mo-delo de León-Ledesma foram modificadas a fim de se adequar ao conjunto de dados regionais disponíveis para análise brasileira. A base de dados foi formada com dados dos 26 Estados do Brasil. Os resultados confirmam a influência positiva do efeito acumulativo do crescimento e do efeito da demanda sobre a produtividade. A taxa de investimento e a inovação foram confirmadas como importantes para o aumento da produtividade.

Texto completo:

PDF


Apoio

Capes CNPq Fapesb